Meus amigos... Gente linda que me apóia e acompanha, me curte e me incentiva. Obrigada à todos!

15 de nov de 2011

Colheita


Tenho semeado minhas expectativas
em terreno fértil.
Tenho regado com lágrimas diariamente.
Hei de colher cada flor 
em uma moldura de sorrisos.
Hei de colher cada fruto 
no cesto das realizações.
Pois quem fez a promessa 
é fiel para cumprir.

3 de set de 2011

Assim como as flores


Assim como as flores

Senhor, conceda-me a graça
De viver assim como as flores...
Poder influenciar
Com aromas e cores
Por onde eu passar.

Assim como as flores
Poder enfeitar
Mesmo depois de colhida
No bem me empenhar
Na morte, anunciar vida.

Assim como as flores...
Que alteram o ambiente
E modificam a paisagem
Viver sempre contente
Levando a tua mensagem.

Pois assim como as flores
Que precisam de luz e calor
Buscam no Sol a energia
Assim, eu preciso de ti, senhor
Preciso de ti, cada dia.

Sim, como as flores
Que estão no campo a crescer
E recebem de ti alimento
Exulto em depender
De ti para o meu sustento.

Assim como as flores
Em sua fragilidade
Que são pela manhã
E já não o são à tarde...
Mas, ser tua por toda a eternidade.

Assim como as flores
Que linda comparação
Quero ser mesmo assim
Independente da estação
Fazer parte do teu jardim.

Assim, como uma flor
Com uma nobre missão
Conceda-me, Senhor, eu insisto:
Exalar com devoção
O bom perfume de Cristo.


Esta poesia também está aqui:
http://www.recantodasletras.com.br/poesiasevangelicas/3232782
Minha página em Recanto das Letras

e aqui:
http://luciberg.blogspot.com/2011/10/assim-como-as-flores-senhor-conceda-me.html?showComment=1319070920170


 

23 de ago de 2011

Amiga...



Amiga...
Amiga... teu nome é ALEGRIA;
Pois com tua graça e o teu jeito
Vem contagiar-me todos os dias.

Amiga... Teu nome é BELEZA;
Composto assim com a tua alma
De dignidade e nobreza.

Amiga.. Tua bolsa é a CONFIANÇA;
Pois carregas incansavelmente
Meus segredos e minhas lembranças.

Amiga... És companheiro da PAZ;
Pois percebo que ela inunda seus caminhos
Chega junto contigo e se vai quando tu vais.

Amiga... Teus gestos são CARINHO;
Revelam a tua bondade
Aos que cruzam o teu caminho.

Amiga... Quão DOCE é o teu falar;
A meiguice flui dos teus lábios
Como mel a destilar.

Amiga... Teu ofício é ENSINAR;
E o faz com maestria,
Ensina aos que te cercam
Que a vida é uma bela poesia.

20 de ago de 2011

Frutificando


Hoje vou descansar
Aquietar meus pensamentos
Respirar mais devagar
Pensar antes de falar
Valorizar cada momento.

Hoje vou desfrutar
O que o que Espírito oferece
Ser uma pessoa melhor
Empenhar-me com ardor
Tão logo o dia comece.

Hoje vou oferecer amor
No sentido verdadeiro
Não o farei por favor,
Mas, em obediência ao Senhor
Pois Ele amou-me primeiro

Hoje pretendo refrear
Minha língua, isso em oração
Mesmo se alguém discordar
Em mim não vai encontrar
Motivos pra discussão

Cada momento dominar
Impulsos e pensamentos meus
E dúvida, indagar
Se o que estou a praticar
É mesmo pra glória de Deus

Hoje vou contagiar alegria
E publicar júbilo e prazer
Pois Deus nos acolhe no choro
Então, junte-se a mim nesse coro
Muito mais Ele está por fazer

Hoje quero ser benigna
Revelando a graça do Senhor
Pois aos pecadores perdidos
De todo bem desprovidos
Sua bondade manifestou

Priorizo para hoje
Os limites remover
Suportar pacientemente
E mostrar-me indulgente
Quando o ofensor aparecer

Hoje vou usufruir
De uma paz diferente
A paz que o Mestre deixou
E ninguém jamais explicou
E cresce dentro da gente

Pretendo assim, ser fiel
Com toda mansidão
Ao Espírito que habita meu ser
E cada dia capacita-me a viver
Frutificando em qualquer estação.

18 de ago de 2011

Preciso de um abraço




Preciso de um abraço

Dê-me um abraço apertado
E fique comigo assim
Deixe-me sentir confortado
E a recompensa é um pouco de mim.

Sinta o meu abraço
E todo calor que ele tem
Dentro deste laço
Eu sinto você também.

O abraço conforta os abatidos
E trás calma aos agitados
Parece pouco ao que está ferido
Mas seu valor não é calculado.

Desfrute de tantos abraços
Quanto tiver oportunidade
Aproveite cada pedaço
De quem te gosta de verdade.

Esta poesia também está aqui:
http://www.recantodasletras.com.br/poesiasdeamizade/3236565
Minha página em Recanto das Letras

9 de ago de 2011

O perdão


O perdão

Quem perdoa deixa exemplo
E todos devem seguir
Perdoe seus ofensores
Antes de ir dormir

Quem perdoa dorme em paz
Pois não sobrecarrega o coração
Com sentimentos fatais
Que causam destruição

Quem perdoa vive feliz
E contagia por onde passa
Pois entende na essência
O significado da graça

Quem perdoa demole muros
E constrói pontes no lugar
Os caminhos do orgulho
São os que devemos evitar

Quem perdoa está em harmonia
Com a vontade do Senhor
Obedece a sua palavra
E manifesta o seu amor

Quem perdoa restaura o sorriso
Perdão traz bem-estar
Sempre que for preciso
Esteja pronto a perdoar

Quem não oferece perdão é pobre
E quem não o pede, deixa a desejar
Pedir perdão é um ato nobre
Tanto quanto perdoar

Feliz é quem perdoa
Pois lança boas sementes
Do coração das pessoas
Colherá virtudes excelentes

Perdoe seus malfeitores
Perdoe seus maldizentes
Alivie suas dores
E viva mais contente

O Mestre ensinou
E assim ficou registrado:
“Perdoa-nos a nossas dívidas
Assim como temos perdoado”

20 de jul de 2011

A Palavra de DEUS é como um espelho


A palavra de Deus é como um espelho

Encontrei um espelho
Com características diferentes
Ele reflete o passado, ele revela o futuro,
Ele desnuda o presente.
Ele aponta onde errei,
Mostra todas as falhas. Onde omiti, ou não consegui...
Mostra onde fracassei.

Um espelho peculiar
Que reflete a imagem
Além das aparências,
Das roupas e da maquiagem.
Nele tenho oportunidade,
De avaliar atitudes, palavras e intenções
E julgá-las segundo a verdade.

E quem por esse espelho,
Tem a graça de olhar,
E enxerga o passado e o presente,
O futuro glorioso pode então contemplar.
E num olhar atento, através da sua luz,
Pode perceber que DEUS está tornando-o
À semelhança de Jesus.

Este poema também está aqui: http://poesiaevanglica.blogspot.com/2011/08/dois-poemas-de-joelma-rocha.html

19 de jul de 2011

Amigo é mesmo assim




Amigo é mesmo assim:

Sempre encontra a porta aberta
Sempre chega na hora certa
Com o carinho incomparável
e uma paz inexplicável
traz consigo a compreensão
e manda embora a solidão


Sempre se faz presente.
Desembaça a nossa lente.
Torna alegre a caminhada,
Pela companhia na estrada.
Enchendo de cor a nossa história
Por que acredita em nossa vitória.

Canta as nossas canções
Conhece nossas emoções
Sofre nas agonias
Vibra nas alegrias
É âncora, é porto
É palavra de conforto

Amigo é mesmo assim:
Permanece com a gente até o fim
Suportando os nossos defeitos
Aliviando as dores do peito
Assim é você, amigo:
Um forte e seguro abrigo.

Este poema também está aqui:
http://poesiaevanglica.blogspot.com/2011/08/dois-poemas-de-joelma-rocha.html
Obrigada Sammis, Autor e gerenciador do blog Poesia Evangélica.

E aqui: http://www.recantodasletras.com.br/poesiasdeamizade/3235024
Minha página em Recanto das Letras.

17 de jul de 2011

Como é linda a nossa amizade


Como é linda a nossa amizade

Oh! Como é bom e agradável que os irmãos vivam em união!

Ah! Como é bom te conhecer!
E ter sua companhia
É como um agasalho
Em uma noite fria.

E como é boa a tua presença!
Teu riso e tudo mais...
Confesso que estou acostumada
Com o bem que você me faz.

E como são boas as nossas conversas!
Sobre tudo podemos falar
Sorrimos, choramos, nos distraímos
E nem vemos o tempo passar.


Ah! Como é bom saber
Que posso contar contigo!
Abrir meu coração
E chorar em teu ombro amigo.

Ah! Como é preciosa a nossa comunhão!
E como é linda a nossa amizade
Em tua presença sinto alegria...
Em tua ausência, saudades.

7 de jul de 2011

Quero que saibas que...



Quero que saibas que...

Quando digo: “Eu te amo”
Estou dizendo que realmente me importo contigo e com os teus queridos.
Que desejo a tua felicidade, que busco a tua satisfação e o teu crescimento.

Estou dizendo que te aceito como tu és,
que procuro entender tuas atitudes,
que considero tua opinião e não desprezo teus sentimentos.
Estou dizendo também, que não vou falar mal de ti,
não vou querer o teu lugar e não vou cobiçar as tuas coisas.

Estou dizendo que sofro as tuas dores,
que lamento as tuas perdas e
que a tua alegria e a tua vitória são minhas também!

Quando ouvir de mim: “Eu te amo”,
entenda que valorizo a tua vida assim como valorizo a minha.
Que atento para os teus objetivos mais que os meus próprios.

Quero que saiba também, que esse amor não vem de mim... não vem de mim tanta bondade e abnegação. Esse amor é o resultado do amor de DEUS por mim, e o resultado da obediência à ELE, que me amou primeiro.

E ainda: saiba que sempre estarei aqui para perdoar, esperar, suportar. Porque o amor jamais acaba.

23 de mai de 2011

Seja o Sal!



Seja o sal

Quando perceber a necessidade, seja o sal. Quando tudo for calamitoso, e ao seu redor conspirar a guerra, conserve a paz. Promova-a! Mesmo diante de situações alarmantes e desesperadoras, conserve a esperança. Conserve a quietude e a tranqüilidade, a despeito da agitação e do imediatismo. E quando o medo e a dúvida quiserem se instalar... conserve a fé. Preserve-a mesmo diante de todo ceticismo, mantenha-a contra toda heresia.

Conserve a doçura, mesmo que tenha que lidar constantemente com pessoas amargas. Diante do desdenho e do desrespeito, conserve a dignidade. E quando a tristeza quiser te sufocar, conserve a alegria. Quando for atacado, mantenha a firmeza, o domínio próprio. Quando for insultado, afrontado, conserve a serenidade. Conserve pureza e santidade, embora a realidade apresentada seja maliciosa, imoral, ímpia. Conserve integridade, justiça e bondade, mesmo diante de toda perversão e inversão de valores.

Seja o sal! Infuêncie! Não se contamine...

Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens. (Mateus 5:13)

20 de mai de 2011

Para Vencer



Para vencer

Para vencer um adversário, mais do que armas, são necessárias estratégias. Houve um gigante que se gloriava de sua força e de sua armadura, e foi morto por sua própria espada.
Para vencer um obstáculo, talvez seja necessário antes, contorná-lo.
Para vencer o sofrimento, é necessário primeiro aprender com ele.
Para vencer as dificuldades, é necessário sabedoria pra lidar com elas.
Para vencer o cansaço, é necessário renovar as forças no lugar certo.
Para vencer o desânimo, é necessário procurar as motivações corretas.
Para vencer a solidão, é necessário cultivar a comunhão.
Para vencer o medo, é necessário exercitar a fé.
Para vencer a depressão, é necessário mais do que auto-ajuda, é necessário erguer os olhos para os montes, buscar o socorro que vem do Senhor.
Para vencer o Inimigo, é necessário resistir-lhe.
Para vencer em qualquer tempo, qualquer que seja a batalha, é necessário ser fortalecido no Senhor, revestido com a sua armadura, equipado de verdade, justiça e fé. Usar com sabedoria e temor a sua Palavra. Orar. Vigiar. Perseverar.

“Mas, em todas essas coisas, somos mais do que vencedores por meio daquele que nos amou.” ( Romanos 8:37 )

23 de abr de 2011

Muitas razões para comemorar


 
Muitas razões para comemorar

Há muito tempo atrás... Certo homem, que nasceu e viveu como um de nós, deixou exemplos como nenhum outro. Ele falava com autoridade, Ele valorizava pessoas, ao invés de tradições humanas, Ele ensinava a cumprir a Lei com amor. Ele deixou a riqueza para tornar-se pobre. Ele desceu de seu trono para tornar-se como um plebeu. Ele veio em sua humildade para revelar Excelência, veio em simplicidade para revelar Sabedoria.

Ele atraía multidões. Atraía os enfermos, os sedentos, os pobres, e também os grandes e importantes. Ele falava de amor, transmitia paz, transbordava conhecimento. Ele tinha as “palavras de vida”. Todos queriam vê-lo, conhecê-lo, sentir seu poder, quedar-se aos seus pés... Ele entendia muito bem de medicina, história, psicologia, sociologia, filosofia e relações humanas, era chamado de Mestre. Ele dizia o “que” fazer e “como” fazer. Ele se importava. Ele foi amigos das mulheres e das pessoas marginalizadas. Ele ia a festas e a casas de pessoas mal-vistas. Ele desafiou os padrões moralistas e legalistas, Ele desafiou a física com seus feitos... Desafiou a matemática com as suas multiplicações.

Dele disseram que nada que prestasse poderia sair da cidade onde nasceu. Disseram que sua autoridade tinha procedência maligna, que se misturava com pecadores. Planejaram prendê-lo sob falsas acusações. Seus amigos o abandonaram. Até os religiosos foram seus opositores.

Aquele homem foi traído, preso, ultrajado, desprezado, humilhado, cuspido, maltratado. Ele sofreu. Ele se fez “pecado”.

Ele morreu. Ali morreu a minha dívida. Com Ele morreram minhas dores, minhas transgressões. Aquele homem morreu a minha morte.

Mas, ressuscitou. Ressurgiu e eu com Ele! Reviveu para dar-me vida. Nova vida. Novos sonhos. Novo agir. Novo pensar. Ele cumpriu a sua missão e resgatou-me. Salvou-me pra que hoje eu pudesse segui-lo, falar do Seu amor, transmitir a Sua paz, exalar o seu perfume. Ele pensou em mim enquanto orava por aqueles que ainda iriam crer. Por incluir-me em seus planos, Ele mandou anunciar Sua mensagem por toda parte.

Amou-me até o fim.

Eu... que só entraria nesse cenário mais tarde. Eu... que só conheceria esse amor muito tempo depois. Eu! Jesus amou-me e entregou-se por mim! A maior dádiva que alguém pode receber.

Glórias ao SENHOR por tão grande Salvação.

22 de abr de 2011

Agradecimento



Pai,

Nas primeiras horas deste dia quero louvar o teu nome!
Por tão grande salvação!
Pela vida em Jesus!
Por tua presença. Por ouvir tua voz.
Pela inspiração.
Por minha família e amigos.
Pela estrada que é longa, mas por poder percorrê-la.
Pela libertação.
Pela nuvem durante dia e a coluna de fogo durante a noite.
Pela provisão. Pela proteção.
Pela água. Pelo alimento.
Por ser Tu mesmo, minha paz e meu sustento.
Por ser tua filha, tua escolhida.
Por ser esposa e mãe, serva e amiga.
Umas vezes aluna, outras instrutora.
Por incontáveis bênçãos e livramentos.
Por incontáveis lutas e sofrimentos.
Por Tua companhia em todos os momentos.
Tudo vem das tuas bondosas mãos...

e eu entrego novamente.

Obrigada, Pai.

20 de abr de 2011

Posso sorrir


Posso sorrir.

Posso sorrir, posso ter alegria a despeito das circunstâncias. Reunir minhas forças e seguir em frente, a despeito das densas nuvens, do mar revolto. Os trovões anunciam calamidades, mas posso olhar em direção ao futuro e ter esperança. As ondas batem forte contra o barco e a sentença é quase certa. Apego-me a Tua palavra, que não mente, não falha. As águas não podem tragar-me.

Há um terror no ar, uma sensação de medo e pavor. Muitas vozes e conselhos, muitos ruídos tentam abafar a Tua voz.
Não temerei. Posso Te ouvir, Te sentir. Sob a Tua palavra, irei ter contigo.

Há uma carreira proposta. Terei prazer em fazer a Tua vontade. Toda agonia da tempestade, todo pavor da tormenta, terei prazer em suportar, se a Tua graça for comigo. Sei que me concedes a graça de não apenas crer, mas também sofrer. Sei que estás aperfeiçoando-me, firmando-me, fortificando-me e fundamentando-me. Apego-me à Tua palavra, que me transmite paz e confiança.
Há uma cruz. Há renúncia, dor, humilhação e vergonha. Há o desejo de se abreviar os momentos de tribulação. Tribulação produz perseverança. Perseverança produz experiência. Experiência produz esperança. Esperança não confunde. Apesar de sufocar-me toda luta, afinal, minha esperança estará fortalecida, estabelecida. Apego-me à Tua palavra, só nela tenho esperança.

Todas as coisas cooperam para o meu bem. Eu creio. Angústias e tristezas, adversidades e imprevistos. Tudo concorre para meu crescimento. Nas lágrimas serei consolada. Nas humilhações serei sustentada. Na fraqueza serei preservada. Em cada momento testemunharei Tua provisão, Teu cuidado e Teu amor. Todas as coisas, que me assaltam e me afligem grandiosamente, são pequenas, mas fazem parte de um plano maior, articulado e vislumbrado em cada detalhe. Cada uma delas escrita e determinada, quando não havia nada. Confio em Tua Palavra que revela a Tua fidelidade.

Posso ter alegria, posso ter paz. Posso crer e descansar.

18 de mar de 2011

Somente por Jesus viver em ti


Somente por Jesus viver em ti
Podes amor frutificar
Alegria comunicar
E paz transmitir.
Somente por Jesus  te amar
Podes perfume ao redor espalhar
E beleza contagiar.


Somente por Jesus te escolher
Podes fé receber
Por ela viver
E mais florescer.
Somente por Jesus te remir
Podes teus irmãos atrair
E sua graça exibir.


Somente por sua revelação
Alcanças perdão
E desfrutas tão doce Salvação.
És um Jardim fechado
Pelo Mestre cuidado
Tuas cores o exaltam
Tuas águas jamais faltam.



 

13 de mar de 2011

O Caminho


O Caminho

Durante a caminhada, deixe para trás as lembranças tristes, os erros e frustrações, os vícios, a auto-confiança. Deixe a velha natureza e o coração desesperadamente corrupto. Durante a caminhada, não olhe para trás. Não permita que nada, por mais simples ou relevante, faça-o retroceder.

No percurso, não olhe as circunstâncias. Não se iluda com as miragens do deserto, não se aterrorize com a fúria das ondas, não se assombre com o tamanho dos gigantes e não páre diante dos obstáculos. Tampouco se encante com a beleza das paisagens, pois as suas flores podem conter espinhos venenosos. Não se detenha por mais caótica ou exuberante que seja a vista ao seu redor.

Também não olhe para as pessoas. Não se canse por causa delas. Pessoas por mais amigas que sejam podem magoar. Por mais próximas que estejam podem esquecer. Por mais íntimas se façam podem decepcionar. Pessoas mentem, roubam, matam. Economizam gentilezas... Esquecem promessas. Pessoas são de carne, são por natureza escravas do pecado. São falíveis. Não se deixe enredar por elas.

Não olhe para o tempo... Aprenda a contar os dias, a aproveitar as oportunidades. Não esqueça que um dia para DEUS é como mil anos e mil anos são como um dia. E que o homem é como a relva do campo, que floresce pela manhã e murcha à tarde. Saiba que DEUS faz tudo no tempo certo e há um tempo certo para se fazer cada coisa.

Não olhe para si próprio: pequeno, fraco, deficiente, limitado. Pobre e cego, nu e faminto. Um caco de barro no meio de outros tantos. Não olhe para o que não é ou o que não tem.

Mas, prossiga nesse Caminho, Novo e Vivo, sobremodo excelente.

Não olhe para coisas que se vêem, elas são temporais. Atente para as que não se vêem, pois são eternas.

Olhe para Jesus! Jesus é o Caminho! Siga-O! Ele é o Alvo! Ele é a bússola e o Destino. Ele é Sombra durante o dia e Coluna de fogo durante a noite. Olhe para Jesus! Caminhe em direção a este alvo! Ande por Fé! Ande em amor! Ande na luz! Ande em comunhão! Ande no Espírito! E leve consigo Sua Presença e suas promessas de livramento e provisão.

Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.

5 de mar de 2011

Poema



Poema


Eu sou um poema escrito pelas mãos de DEUS.
Eu sou o resultado da graça de DEUS.
O que sou, o que penso, é fruto do meu relacionamento com Ele.
Ele Habita em mim, opera em mim.
Eu sou o resultado da minuciosa lapidação que venho sofrendo através da sua Palavra.
 Eu sou assim... Como um diamante meticulosamente lapidado.
Pois quanto mais leio, mais entendo, mais me submeto.
Renuncio a minha própria vontade, tenho prazer na dEle.
Eu sou assim, mas não fui sempre assim, vou diminuindo pra que Ele cresça em mim.

Quando sua luz vem sobre mim, ela me revela Justiça, ilumina os meus caminhos,
esclarece minhas dúvidas, dissolve meus dilemas.
Comunica uma inexplicável paz no meio das tribulações.
Traz um contentamento diante do sofrimento.
Enche-me com alegres cantos de livramento.

DEUS está me transformando na imagem de seu filho, seus métodos não são humanos,
seus caminhos e seus pensamentos são mais altos do que os meus.
Eu sou o resultado da maravilhosa graça de DEUS, que sem merecer, cerca-me de bondade por todos os lados.
E também de sua misericórdia, que me livra de todos os males e castigos, que efetivamente, mereço.

Eu... Estava naquele vale...
 De mim mesma, nada se reconhecia, ossos secos e sem esperança.
Mas DEUS reuniu os meus ossos e revigorou minha carne, quando me deu o seu Espírito.

Eu... Sou aquele vaso...
Sem proveito, sem valor, que se tornou um vaso novo nas mãos do oleiro.

Eu... Sou aquela mulher pecadora...
Que encontrou Salvação nas palavras de Jesus.

Sim! Eu sou a terra fértil, pois tenho o privilégio de receber a “boa semente” - que é a sua palavra - compreendê-la e frutificar.

Eu sou uma escolhida desde antes da fundação do Mundo,
segundo a riqueza da Sua graça, conforme a Sua vontade, para o louvor da Sua Glória!

“Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas.” Ef 2:10


Este texto foi carinhosamente republicado aqui:
http://guerrapelaverdade.blogspot.com/2011/03/poema.html
Obrigada, Jorge Fernandes Isah (Guerra pela Verdade)!

23 de fev de 2011

Você conhece o valor de uma mulher?



Você conhece o valor de uma mulher?

              Algumas questões são reservadas quase que exclusivamente à ótica feminina, salvo raras exceções.Quando vejo as mulheres da Bíblia ocupando posições estratégicas de influência e de liderança, sendo colocadas meticulosamente no lugar certo e na hora oportuna, percebo como DEUS valorizou a mulher em todos os tempos. Percebo a maneira maravilhosa como DEUS a vestiu de força e de dignidade, e lhe investiu de autoridade diante de diversas situações conciliando obediência e submissão.

           Deus, em seu gracioso plano de salvação, envolveu mulheres das mais variadas classes, em suas mais variadas ocupações, numa época em que pouco ou nenhum valor se dava às mulheres, e assegurou que seus nomes e seus feitos ficassem registrados como testemunho para as próximas gerações.

“Anas”, inseridas no contexto eclesiástico, vivendo em suas angústias...mas exercitando sua fé.
“Déboras”, que assumem posições de liderança e tomam atitudes capazes de mudar a vida de muitas pessoas.
“Dorcas”, envolvidas em sua sociedade, colaborando com seus ofícios.
“Esters”, tecendo um pano de fundo político, salvando vidas. “Rutes”, prezando pelos valores da família.
“Saras”, chamadas para crer em milagres.
“Martas”, prontas para servir.
“Marias”, prontas para ouvir.
          Mulheres, muralhas, auxiliadoras, mães, profetizas, rainhas. Mulheres sofredoras, estéreis. Mulheres sábias, Mulheres simples. Mulheres importantes, Mulheres que não tiveram seus nomes revelados. Mulheres amigas, formosas. Mulheres prontas à ofertar suas últimas moedas... seu mais caro perfume...sempre o melhor aroma. Algumas tiveram o privilégio de serem contadas com os discípulos. Algumas puderam testemunhar a maravilhosa visão do túmulo vazio. Mulheres de ontem e de hoje... Envolvidas com a obra do SENHOR, Mulheres realmente comprometidas com o SENHOR da obra. O valor de uma mulher excede em muito, o valor de jóias preciosas.


Este texto foi carinhosamente republicado aqui:
http://casal20ribas.blogspot.com/2011/02/porque-hoje-e-teu-aniversario.html
Obrigada,  Fábio (Casal 20)!

E aqui:

Obrigada, Heitor Alves (Eleitos de Deus)!

E aqui:
Obrigada, Thiago (Internautas Cristãos)!

E aqui: 
Meu outro blog.

19 de fev de 2011

Vivendo


Vivendo
Vivendo e sendo ensinada pelo Espírito Santo, forjando meu caráter e minha personalidade no meio das adversidades à despeito de todos os contrastes. Vivendo e aprendendo, sendo ensinada e lembrada. Sigo assim, colhendo preciosas lições...pérolas de aprendizado em cada etapa.

O Espírito Santo não me deixa esquecer que o bem sempre vence o mal. Que correção e obediência são demonstrações de amor. Que amar é cumprir a Lei. Que “morrer” para o mundo é “viver” para DEUS. Que quem for fiel até a morte receberá a coroa da vida. Que as motivações do meu coração são mais importantes que os meus sacrifícios. E que DEUS olha para mim e me vê pelo avesso.

ELE não me deixa esquecer que um homem não vive só de pão. Que más conversações corrompem bons costumes. Que DEUS recompensa quem age em segredo. Que os tesouros aqui da Terra não têm valor lá no céu. Que feliz é quem chora. Que a vitória não é dos fortes nem dos velozes. Que quem se humilha será exaltado. Que libertos do pecado, nos tornamos escravos da justiça.

Não me deixa esquecer que é possível ter paz em meio às tormentas. Que há provisão no deserto. Que os sofrimentos, quando manifestados em grande medida,fazem transbordar as consolações por meio de Jesus. Que “leve” é o peso que deveras sinto, e que “momentânea” é a tribulação que se apresenta sem fim, e que isso produz eterno peso de glória, acima de toda comparação.

“Pois a sabedoria de DEUS é loucura para os homens... Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes;
E Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são, para aniquilar as que são.”

Por isso, não me preocupo com as coisas que vejo, e sim, com as que não vejo, por que as coisas que se vêem são temporais, mas as que não se vêem são eternas.

Sou assim amada, ensinada e lembrada pelo Espírito santo de DEUS, e quando não sou capaz, ELE intercede por mim.

Este texto foi carinhosamente republicado aqui: http://guerrapelaverdade.blogspot.com/2011/02/vivendo.html
Obrigada, irmão Jorge Fernandes Isah (Guerra pela Verdade)


11 de fev de 2011

Oferta de amor


Oferta de amor

Senhor, sei que nada sou, sei que nada tenho.
Sei que nada posso adquirir sem o teu auxílio.
Mas venho lhe entregar minha humilhação.
Venho devolver-lhe tudo o que tenho recebido das tuas mãos.
Deixo diante do teu altar um coração consciente das suas limitações
e das suas fraquezas, um coração quebrantado, totalmente dependente de Ti.

Venho lhe entregar o primeiro...
o melhor...Aceite Senhor... é Teu!
Teu pois Tu me deste, teu pois te devolvo.

Aceite Senhor, minha gratidão, pelo Teu amor incondicional,
por Tuas misericórdias que duram para sempre.
Aceite Senhor o meu louvor, por Tua grandeza,
Tua Bondade, Tua Fidelidade, Tua Verdade, Tua justiça.
Aceite Senhor, minha adoração, por Tua Majestade,
Tua Santidade, Tua Soberania.
Tu Senhor, és a fonte de todas as riquezas,
és a fonte do conhecimento, da inspiração,
do prazer, do contentamento.

Tudo vem de Ti e te devolvo.
Te entrego as emoções, o tempo, as lágrimas, os talentos, os sonhos, os bens..os entes queridos. Te entrego o meu Isaque. Aceite Senhor minha oferta de amor. Aceite meu serviço. Deixo tudo diante do teu altar.

Renuncio o que fui...
reconheço o que ainda não sou...
e me entrego a Ti,
para que faças de mim o que quiseres.


Este texto foi carinhosamente republicado aqui:
http://guerrapelaverdade.blogspot.com/2011/02/ofertas-de-amor.html
Obrigada, irmão Jorge Fernandes Isah (Guerra pela Verdade)!

6 de fev de 2011

Da minha janela...


Da minha janela...

Debruçada olhando através da minha janela, eu vejo pessoas... Pessoas apressadas, correndo contra o tempo, contra o vento. Vejo pessoas sentadas deixando o tempo passar... Passam também as oportunidades.

Eu vejo pessoas doentes... Cultivando feridas na alma, guardando mágoas no coração. Pessoas sorrindo apenas para disfarçar lágrimas, pessoas que trocaram alegria pela dor. Pessoas que usam máscaras.

Eu vejo pessoas frias... Incapazes de se identificar com os sentimentos alheios, ocupadas demais para cumprimentar, para se importar.

Eu vejo pessoas pobres... Pobres demais para dar um sorriso, para dar um “olá!”, pobres, tão pobres que não podem dar atenção. Não podem dar nada de si, simplesmente porque não têm.

Eu vejo pessoas carentes... Sedentas como um solo árido... Extremamente dependentes. Confusas, desanimadas, sem esperança.

Eu vejo pessoas carregando bagagens enormes, arrastando o peso da inversão de valores. Eu vejo pessoas buscando informação e conhecimento, como se fossem os “donos da verdade”.

Eu vejo uma multidão, como ovelhas que não têm pastor. Eu vejo pessoas ocupadas demais com os afazeres deste mundo aqui...

Mas também vejo pessoas ocupadas com outras coisas...

Eu vejo pessoas serenas e calmas, cujos gestos e palavras transmitem uma paz inexplicável. Vejo pessoas que amam e perdoam pessoas que ensinam com amor e que cuidam das outras pessoas... pessoas que gastam tempo e energia com os outros, pessoas que oferecem mais que um café, oferecem companhia. Pessoas que se importam em cumprimentar, que perguntam e esperam as respostas. Pessoas que são verdadeiros mananciais, cuja presença nos satisfaz. Pessoas que exalam um “bom perfume”.

Eu vejo pessoas andando livres e leves, como quem carrega no coração tudo o que realmente importa. Pessoas com fome e sede de justiça e de verdade.

Eu vejo pessoas ricas... Tão ricas que os seus sorrisos brilham, seus olhos brilham... suas almas brilham. Pessoas tão ricas que quanto mais se dão, mais têm pra dar. Vejo pessoas sendo “sal” e “luz”.

Eu vejo pessoas altruístas... Pessoas que se deixam ser usadas por DEUS para o seu próprio crescimento e de todos os demais... Pessoas que têm compromisso com o “reino”. Pessoas que refletem a Glória do Senhor Jesus em tudo que fazem.

É desse tipo de pessoas que precisamos... É esse tipo de pessoa que eu quero sempre ser.

2 de fev de 2011

Desafio





Desafio

Você me desafia... Eu aceito o desafio!

Você vazia, fria, impessoal. Eu transbordante... inflamando...querendo revelar-me...

Você inerte. Eu pulsando idéias... Olhos atentos, dedos agitados.

Você ponto. Eu reticências...

Eu aceito o desafio de colocar você do meu jeito.

Colocar em você o meu jeito, minhas fontes, minhas cores.

Comunicar meus pensamentos, transparecer minhas emoções, embutir em cada palavra sentido e sensações.

Transmitir nas linhas o que quero dizer e nas entrelinhas o que me motivou...

Eu quero muito escrever... muito mesmo!

Estou apaixonada por esta idéia...

E você assim... tão branca... tão pálida... está  convidando...

Eu aceito este convite.

Escrever é um prazer. É uma válvula de escape. É um privilégio.

Quando escrevo, sou o ponto de partida e a linha de chegada, e sei que posso me superar.

Entre você e eu existe um universo de informações, que eu não quero acumular, mas compartilhar.

Não tenho pretensões de mudar o mundo, desejo apenas influenciá-lo com meu jeito.

29 de jan de 2011

Ele veio ao meu encontro



Ele veio ao meu encontro

Ele veio ao meu encontro
Nunca mais serei a mesma, tudo em mim foi realmente afetado.
Todas as áreas da minha vida sofreram transformações.
Ele transformou meu jeito ver...
Não vejo as coisas como antes, agora vejo com clareza, vejo por um novo ângulo.
Daqui tudo tem mais cor, tem formas mais definidas, faz mais sentido.
Agora vejo com olhos de amor e esperança. Com a lente da fé, vejo até o que ainda ninguém vê.
Ele transformou meu jeito de ouvir...
Apurou minha audição para que eu pudesse ouvir a sua voz.
 Para apreciar a música que vem dos corações. Para valorizar o silêncio.
Ele transformou minha maneira de sentir...
Minhas emoções, motivações e inspirações estão sendo apuradas no fogo.
Minha sensibilidade é aperfeiçoada à medida que tenho mais intimidade com Ele.
Para discernir o que é puro e o que não é.

Ele transformou meu jeito de falar...
Ele enche meu coração... as palavras transbordam...
Transborda alegria, transborda paz, transbordam conselhos.
Nunca mais serei a mesma. Meus hábitos, minhas atitudes, meus relacionamentos vão demonstrar isso.

Não vivo mais eu... Cristo vive em mim.

 

18 de jan de 2011

Qual é o seu status?


Qual é o seu status?

Hei, você  está aí?
Está “Disponível”?
Você está disponível para dar um pouco de atenção?
Você pode gastar um pouco do seu tempo com os outros?
Tem algum tempo para se preocupar, se relacionar?
Sua memória tem espaço suficiente para gravar nomes? Para recordar  a última conversa?
Você está disponível para ser amigo?
Você está à disposição?  E seus ombros, estão disponíveis para o consolo, para o desabafo?
E suas mãos, estão limpas? Estão estendidas? Apontam o caminho? Prestam serviço?
E seus pés, estão dispostos à caminhar uma milha, ou duas?
E seus lábios? Vão falar palavras boas para edificar, exortar?
Você está disponível para envolver-se, comprometer-se?
Você está disponível para amar?
Está disponível?
Está à disposição para conversar, ouvir, aconselhar, compartilhar, ou simplesmente, fazer companhia?
Não seja “Ausente” nestas questões
E não se faça de “Invisível”.
Bem... se você está realmente  “disponível” ,
Se você se coloca à disposição diante dessas situações, considere-se “Ocupado” com coisas que realmente valem à pena.




Este texto foi carinhosamente republicado aqui:
http://guerrapelaverdade.blogspot.com/2011/01/qual-e-o-seu-status.html
Obrigada, irmão Jorge Fernandes Isah (Guerra pela Verdade)!